A era da gestão imobiliária.



O setor imobiliário é um universo complexo e interessante. Além de envolver muitas negociações, como compras, vendas, gerenciamentos, valores e pagamentos, ainda envolve bens físicos e investimentos. É preciso ter em mente o grande número de variáveis que operam no mercado imobiliário, o que nem sempre é fácil de gerir. Por isso, a gestão imobiliária […]

O setor imobiliário é um universo complexo e interessante. Além de envolver muitas negociações, como compras, vendas, gerenciamentos, valores e pagamentos, ainda envolve bens físicos e investimentos. É preciso ter em mente o grande número de variáveis que operam no mercado imobiliário, o que nem sempre é fácil de gerir.

Por isso, a gestão imobiliária é a principal causa do sucesso, ou fracasso, de muitas empresas do ramo. Para garantir que apenas o sucesso aconteça, é importante que essa seja uma área desenvolvida dentro das imobiliárias.

Mas o que é a gestão imobiliária?

Gestão imobiliária é o conjunto de práticas e ações que têm como objetivo garantir a saúde financeira e a organização logística do negócio. Basicamente, é por meio dessa gestão que estratégias de desenvolvimento e planos de crescimento são estabelecidos. Mesmo quando existem as famosas quedas e baixas do setor, é dessa forma que é possível apresentar e trabalhar as soluções. Entre os pontos que um profissional da área precisa estar atento para manter sua empresa competitiva, podemos citar a constante busca por atualizações do mercado, a integração de novas tecnologias e o gerenciamento inteligente de finanças, documentos e toda parte administrativa. E isso tudo deve fazer parte da gestão imobiliária.

Nesse contexto, é correto afirmar que os negócios que têm uma gestão imobiliária eficiente tendem a se destacar entre os seus concorrentes.

Como aplicar gestão de imóveis na sua imobiliária?

Organizar processos, superar obstáculos cotidianos e utilizar uma boa ferramenta de gestão são apenas algumas práticas necessárias para otimizar a empresa. Vale destacar também que todos os processos que envolvem uma negociação imobiliária, como contratos de compra, venda, locação e investimentos, envolvem uma série de burocracias, pela lei e segurança das partes envolvidas. Sendo assim, é muito importante aplicar uma gestão de imóveis para otimizar os processos e conseguir resultados favoráveis. Entre eles redução de gastos, erros e tempo para realização das tarefas. Mas o que é possível fazer?

1. Organizar carteira de clientes

Uma carteira de clientes é a melhor forma de saber quem é o seu público, mapear as necessidades de cada um deles e conseguir direcionar o atendimento de forma estratégica. É muito importante organizar essa carteira de clientes, é possível fazer isso atualizando constantemente as informações dos clientes e separando por categoria. Assim é feita a identificação de cada um de acordo com o desejado.

2. Manter documentação atualizada e organizada

Todo processo imobiliário envolve documentos. É importante que todos estejam organizados e atualizados para que o tempo seja otimizado. Para isso, é preciso nunca deixar passar uma solicitação de documento e sempre mantê-los de forma segura em algum lugar, de preferência de forma digital.

3. Prazos merecem atenção redobrada

Para que a gestão se mantenha eficiente, é importante que prazos de contrato sejam respeitados e, após firmados, é necessário que estejam expostos para que nunca sejam perdidos. Contratos de aluguel, de compra, de venda, pagamentos de parcelas, quitação de impostos, e muitos outros itens possuem prazos definidos. As ferramentas para gestão de contratos podem auxiliar com lembretes e avisos nesse sentido.

4. Processos podem organizar tarefas

A rotina em uma imobiliária se baseia em atender clientes e criar uma boa experiência para negociações, em relação ao imóvel pretendido e sempre atento às necessidades deles. Para que isso funcione de forma exemplar, é preciso criar processos que organizem as tarefas e fluxos para que tudo aconteça sem problemas e com transparência.

5. Controle a agenda

A falta de tempo é um dos grandes incômodos de profissionais de todas as áreas, não só do amo imobiliário. Isso acaba impactando em uma má gestão. Sendo assim, é essencial que exista um equilíbrio e controle sobre a agenda de sua imobiliária. Com isso, é possível que todas as tarefas sejam executadas de forma eficaz, no momento correto e atendendo expectativas e clientes, priorizando as urgências. Para isso, é importante delegar funções e criar planejamentos para que a agenda seja útil no dia a dia da imobiliária.

6. Use aplicações de gestão específicas para o setor imobiliário

Com a solução ideal para gestão de contratos de aluguel, oferta de imóveis e aplicativos que facilitam a comunicação com o cliente final, fica muito mais fácil organizar documentos, criar tarefas e relatórios, aumentando a produtividade de forma automatizada. Tarefas feitas de forma manual, muitas vezes, não são suficientemente eficazes. Por isso, todo o investimento em tecnologia é necessário para a otimização de todos esses processos inclusos na gestão.

É importante ressaltar que a imobiliária deve se ater ao cliente, prestando todo o apoio necessário com um atendimento personalizado e, claro, prezando sempre pela busca de resoluções para suas necessidades. Acompanhamento adequado, suporte, cuidado no pós-venda e interesse é o que faz o cliente ser fidelizado e estar satisfeito.