Como usar as redes sociais a favor da sua imobiliária?

O brasileiro passa grande parte do dia online. Não acredita? De acordo com a pesquisa da We Are Social (2021), o brasileiro passa mais de 10h na internet por dia, sendo 3h42min por dia apenas em mídias sociais. Ou seja, sua imobiliária precisa estar presente aí, não é mesmo?

Por isso, no nosso post de hoje vamos entender mais o potencial das redes sociais para o mercado imobiliário e ver dicas de como potencializar o seu uso para gerar mais negócios.

Vamos lá?

Contextualização: as Redes Sociais no Brasil

Com a ampliação do uso das redes sociais, o mercado imobiliário percebeu toda a potencialidade, assim como a importância de terem um posicionamento mais sólido.

Vamos falar das duas redes sociais com mais impacto hoje no Brasil: Facebook e Instagram.

Facebook e Instagram

De acordo com dados de 2020, o Facebook conta com 130 milhões de contas ativas brasileiras.

Para termos ideia de alguns números relacionados com o Instagram: esta rede conta com 77 milhões de usuários apenas no Brasil (Fonte: Statista, 2020), mas ele vem crescendo anualmente.

Assim, o Brasil é o 2º país em número de usuários de Instagram. E, de acordo com a OpinionBox, outros dados bem interessantes:

  • 84% dos usuários entrevistados entram no Instagram pelo menos uma vez por dia;
  • 52% já usaram o Instagram para descobrir produtos ou serviços para comprar.

Será que as redes sociais podem influenciar nas vendas?

Uma Pesquisa da Ebit/Nielsen Webshoppers 40 (2019) mostrou que as redes sociais representam o segundo maior motivador de compra para 19% das pessoas, perdendo apenas para o Google (25%).

E como a sua imobiliária pode usar as redes sociais para vender mais?

O CRECI/SP explica que usar as redes sociais de maneira estratégica não se limita, apenas, a postar fotos de empreendimentos. O importante é criar conexões, pois o relacionamento ainda é o principal meio para estabelecer contatos.

Não adianta fazer várias postagens sobre o imóvel, se a imobiliária não construir um relacionamento sólido com seus leads e/ou clientes.

Vamos a algumas dicas práticas que as imobiliárias podem usar nas redes sociais para vender mais?

  • Tenha um perfil comercial: ter um perfil comercial no Instagram ou uma Página no Facebook, é fundamental para as empresas relacionadas com o mercado imobiliário.
  • Faça fotos profissionais dos imóveis: o ideal é que as fotos dos imóveis sejam tiradas em alta resolução, assim como utilizar luz e ambientação a favor. Muitas vezes, os imóveis são alugados mais rapidamente quando as fotos são feitas com bons equipamentos e iluminação correta.
  • Faça integração com outros canais de atendimento, como o WhatsApp: por exemplo, no link na bio da imobiliária, coloque um linktree com o site, assim como o link para WhatsApp.

Lembre-se: os potenciais clientes da imobiliária estão nas redes sociais. Por isso, crie uma estratégia para se destacar, chamar a atenção e criar relacionamentos com esses leads.

Sua imobiliária usa a tecnologia a favor dos negócios? Com o Ahreas Adm Locações, você tem uma ferramenta completa para fazer a gestão dos contratos e demais processos internos ligados a locação de imóveis, gerando uma rotina mais otimizada, automatizada e digital.

Ficou curioso? Fale com um especialista do nosso time. E para continuar conhecendo as novidades para o mercado imobiliário, acompanhe sempre o nosso blog.

Como um cliente fiel pode promover sua administradora?

Não importa o segmento da empresa, todas elas querem ter um tipo bem específico de cliente: aquele que defende uma marca e convence pessoas do seu círculo de contatos a contratar esses serviços. E agora existe um nome para esse consumidor dos sonhos: cliente promotor.

Com novas tecnologias surgindo todos os dias, é bem comum só se preocupar com a modernização da sua administradora. Mas uma coisa você não pode esquecer jamais, que o bom e velho boca a boca ainda funciona. E muito!

Para você ter uma ideia mais clara do que estamos falando, em uma pesquisa realizada em 60 países pela Nielsen Company, 83% dos entrevistados disseram que confiam nas indicações de amigos e familiares. Além disso, a ExpertVoice publicou que 92% das pessoas acreditam mais nas recomendações e sugestões de outras pessoas (e olha só, até se for um estranho) do que nos conteúdos criados e gerados por uma marca.

Como você pode ver, investir em clientes promotores é uma sacada muito inteligente. São essas pessoas que, além de serem clientes fieis, ainda indicam e brigam pela sua empresa, ou seja, promovem a sua marca.

Existem muitos tipos de clientes promotores. Metade das empresas nem mesmo sabem quem são o seus “advogados da marca”, e das que sabem, 80% não utilizam isso em seu marketing de forma efetiva, segundo dados da JiBit. Se você faz parte desse percentual, então está na hora de mudar isso, não acha? Vem com a gente!

Como identificar os seus clientes promotores?

Existem alguns indicativos que te ajudam a comprovar que um cliente pode ser um promotor da sua empresa. Alguns são:

  • Clientes felizes: o mais óbvio. O cliente consome, gosta, volta e indica. Dê valor a esse perfil, ele é muito importante para o seu crescimento.
  • Clientes indicadores: aquele que consumiu uma vez, nem sempre volta, mas sua experiência foi tão boa que ele indica o seu negócio para outras pessoas.
  • Clientes que amam a sua marca pelo valores ou posicionamento ou conteúdo: esse é um pouco mais difícil, ainda mais para empresas pequenas. São clientes que nem sempre consomem da sua empresa, mas indicam por saberem que o seu serviço é o melhor.
  • Colaboradores: esse tipo de cliente promotor é o que trabalha na sua empresa e a conhece a fundo, por isso pode indicar com muita propriedade. Mas aqui são dois lados da mesma moeda, já que, caso esteja infeliz, esse tipo de cliente promotor pode fazer o trabalho reverso e acabar com a imagem da sua marca.

Como transformar seus clientes em promotores da sua marca?

Ótimo, agora que você já entendeu a importância de ter um cliente promovendo a sua empresa, está na hora de colocar isso em prática. Parece difícil, mas a gente tem certeza que com nossa ajuda, esse trabalho vai ficar mais fácil. Bora lá!

1. Conquiste seu cliente de primeira!

Talvez essa seja a dica mais importante. Nada melhor para ter um cliente promotor do que conquistá-lo logo na primeira oportunidade. É claro que você pode fazer isso depois, mas é aquilo que dizem: a primeira impressão é a que fica.

Uma administradora de condomínios precisa suprir todas as expectativas dos síndicos e moradores. Nutra essa confiança de uma forma que não deixe a desejar.

2. Entregue o máximo de valor possível

Seu cliente espera sempre algo da sua administradora. E é aí que já começa a fidelização. Mostre a que sua empresa veio, os diferenciais e por que esse condomínio acertou em escolher a sua marca. Entregue mais do que o síndico espera.

3. Procure sempre otimizar a experiência do cliente com um suporte impecável

Um bom relacionamento é a base de um negócio saudável. Esteja sempre presente em todas as etapas de venda e consumo. Otimize seu site, seus aplicativos, todos os processos que envolvam o seu cliente e oferte uma experiência inesquecível, seja on ou offline.

Mas, principalmente, não se esqueça do pós-venda. Um cliente é fidelizado quando algo dá errado e ele tem um suporte que informa, ajuda e resolve problemas com rapidez, segurança e confiança.

4. Ajude seus clientes a atingirem seus objetivos

Descubra logo no início qual é o objetivo final do seu cliente e trabalhe com ele para chegar lá. Vista a camisa do seu cliente, mostre que vocês podem trabalhar juntos por um mesmo propósito. Nada encanta mais o consumidor do que perceber que uma marca está ao seu lado em busca de uma meta.

5. O cliente precisa ser o foco do seu negócio

Crie uma cultura empresarial focada nos clientes. Não tem como obter clientes promotores se sua empresa não vê seus consumidores como prioridade.

Promova treinamentos com a sua equipe, além de deixar claro que o sucesso do cliente é uma das missões da empresa. Leve isso de uma forma tranquila e seus colaboradores entenderão que o cliente é a prioridade da sua marca.

São muitas formas de tornar o seu cliente um promotor e essas são só algumas delas. Entenda que essa fidelização é importante para o crescimento da sua administradora e promova esse entendimento a todos os colaborados e líderes. Depois compartilhe com todos como foi essa experiência!

Marketing Imobiliário: Dicas para alavancar seu negócio.

Com o mundo cada vez mais incerto (sim, ainda estamos no meio de uma pandemia! #VemVacina), cada ação por parte do mercado imobiliário precisa ser pensada. Não é momento para recuar. É preciso impulsionar os negócios e usar de todas as ferramentas possíveis para conseguir um bom retorno.

No mercado de imóveis, isso pode alavancar as vendas muito mais do que parece. E o marketing imobiliário é ferramenta indispensável para quem quer se destacar e chegar mais longe que os concorrentes.

Mas a pergunta que não quer calar é: o que é marketing imobiliário?

O marketing imobiliário é um conjunto de estratégias online e offline que são aplicadas em uma empresa no ramo de imóveis e que possui objetivos muito claros: atrair leads qualificados (contatos querendo comprar de você), aumentar o número de clientes, vender mais e elevar o faturamento.

Hoje em dia, o marketing digital é a principal área para se investir. Mais da metade das pessoas descobrem novas marcas ou produtos a partir de uma busca na internet. Ou seja: se sua imobiliária não estiver presente no ambiente digital, ela não existe. Além disso, o marketing de uma empresa demonstra a sua confiabilidade.

Neste cenário, boas estratégias quando se trata do marketing imobiliário são cada vez mais importantes. E, por isso, vamos ensinar 10 técnicas para quem deseja profissionalizar de uma vez por todas essa área do seu negócio:

1. Site Institucional? Não né?!

Não é de agora que um negócio não existe sem um site na internet, mas com todos os avanços tecnológicos, não basta só ter um endereço na web para sua empresa, é preciso saber trabalhar com isso. E uma das formas de fazer isso funcionar é transformá-lo em conversão, ou seja, fazer ele gerar negócios.

A área voltada ao contato com a empresa precisa ser clara e trazer algum benefício em troca de um dos bens mais importantes nesse meio: contato de possíveis clientes. E uma das formas de utilizar bem um site é investir em um movimento chamado Iscas Digitais.

Está é a hora de lançar sua isca no oceando azul! As iscas digitais são estratégias que disponibilizam conteúdos relevantes e com alto potencial de chamar a atenção do público-alvo (e-books, planilhas de planejamento financeiro, vídeos, infográficos e alguns outros).

Quando uma pessoa tem interesse por algum desses conteúdos, é convidada e redirecionada a fazer o download através de uma landing page com formulário ou qualquer outro método dentro do site. Para baixar os materiais, é necessário fornecer informações como nome, telefone, e-mail e o que mais a empresa solicitar. Assim, você consegue converter um lead, oferecendo mais conteúdo relevante ou até realizar uma abordagem de vendas.

2. Posts sem estratégia? Campanhas personalizadas podem ser a solução!

A melhor maneira de divulgação de imóveis é com campanhas personalizadas em redes sociais. Apesar dessas redes serem peças fundamentais do marketing, algumas empresas não utilizam todo seu potencial.

Utilizar segmentação de público personalizado é uma maneira de atingir os seus objetivos, por exemplo. Essa estratégia consiste em importar uma lista de contatos para o Gerenciador de Anúncios do Facebook ou criar uma campanha baseada em perfis, e automaticamente a plataforma exibe seus posts, adicionando-os ao seu público personalizado. Essa é uma ótima forma de anunciar, porque você aparece para quem já tem alguma relação com a sua empresa.

Outra maneira de atingir um bom nível com seus anúncios é personalizar a geolocalização. Use e abuse de anúncios para moradores de bairros e cidades específicas.

3. Não esqueça do e-mail, ele ainda vive.


Segundo dados da Adestra, pelo menos 23% das vendas realizadas via web por ano são feitas graças ao famoso e-mail marketing. Continue investindo nisso. Não é a toa que grandes empresas nunca pararam o disparo desse tipo de mensagem.

4. Fuja de muito texto – produza fotos e vídeos de qualidade!


Imagens e vídeos transformam a sua estratégia. O poder de engajamento desse tipo de mídia é grande, muito maior do que apenas textos.

É dinâmico e segura mais o público, onde quer que o seu público-alvo passe, imagens e vídeos contribuem para o sucesso da ação.

5. Mobile First

Isso significa: mobile, ou smartphones, em primeiro lugar. Há alguns anos, não existia essa preocupação com dispositivos que te acompanham pois tudo era feito através de computadores. Mas, de algum tempo pra cá, as coisas mudaram. Hoje, ter um site responsivo, que consiga ser acessado de qualquer dispositivo, é o mínimo que se espera de uma empresa. Estar bem ranqueado em sistemas de busca também ajuda.

Ter conteúdo voltado para mobile e melhorar a experiência do usuário que acessa páginas e redes da sua empresa faz toda a diferença.

6. Evite ligações, mensagens são melhores

Quem gosta de receber ligações? Hoje em dia quase ninguém, certo? Então, na hora de vender o seu produto, opte por outras formas de contato. Whatsapp, Facebook Messenger ou e-mail. Isso é muito melhor e as chances de irritar seu futuro cliente são menores.

7. Chatbot é o novo (e melhorado) atendimento ao cliente.

Chatbots são plataformas que simulam o atendimento ao cliente humanizado. Ou seja, é um robô programado para responder perguntas realizadas online (no site ou app) e que se assemelha muito ao atendimento de uma pessoa.

8. Tenha um blog e produza conteúdo.

Estamos em 2021 e ainda tem gente que não entende a importância de um blog de notícias em seu site. Um possível cliente com interesse em um imóvel pode ter as informações que precisava, porém não se cadastrar no site porque não quer ser contatado.

Mas se o site da imobiliária tiver um blog com conteúdo relevante para a jornada de compra do seu público-alvo, é bem provável que o possível cliente se cadastre para receber a newsletter da sua imobiliária.

Postar no seu blog artigos e notícias sobre o mercado imobiliário é uma ótima forma de atrair tráfego orgânico e manter os visitantes por mais tempo navegando pelo site da empresa.

9. Relatórios são os seus melhores amigos.

Analisar, através de relatórios, os resultados das campanhas de marketing da sua imobiliária, pode fazer a diferença.

Aproveite todos os meios digitais, ferramentas como Analytics, geradores de relatórios do Facebook e Instagram, e-mails mkt e veja como suas campanhas estão indo. Fazendo isso com uma certa periodicidade, é possível interromper campanhas que não estão funcionando e investir em outras que podem funcionar melhor.

10. O online é o futuro, mas não esqueça do offline.         

Monitorar a reputação da sua empresa dentro e fora da internet é a obrigação de toda imobiliária. Nada pior para o marketing de um negócio do que reclamações – e, ainda pior, reclamações sem respostas.

Fique ligado em tudo que estão falando por aí da sua imobiliária. Clientes insatisfeitos, além de não indicarem sua empresa, vão falar mal.

Outro ponto: apareça em outdoors, revistas, matérias, panfletos, folders e o que mais fizer sentido para seu negócio. O offline e o online são parceiros e precisam andar juntos.

Benefícios do marketing imobiliário

É claro que todos sabem que o marketing é importante. Mas você pode estar se questionando: o que eu ganho com isso?

  • Melhoria no relacionamento com os clientes;
  • Aumento nas chances de indicação, a famosa propaganda boca a boca;
  • Possibilita a medição de resultados e melhoria de estratégias;
  • Fortalece a autoridade da marca e a confiança do cliente;
  • Acelera a jornada de venda.

Concluindo, o marketing aliado aos avanços tecnológicos fazem sua imobiliária se conectar ao público de uma forma que seria bem difícil fazer sem uma estratégia adequada e duradoura. Invista no marketing e veja as mudanças acontecerem dentro do seu negócio.